(51) 3019-0115

abensur@abensur.com.br

Facebook Abensur
Taxas para riscos expostos a catástrofes avança nos EUA

As taxas globais do seguro de property seguem firmes no primeiro trimestre de 2012, de acordo com um relatório publicado pela corretora de seguros Marsh. Apesar da ausência de grandes catástrofes naturais durante os primeiros três meses do ano, as taxas subiram tanto para os riscos expostos a catástrofes quanto para os não expostos, na maioria das regiões. O principal fator de mudança no mercado de property foi o total de perdas pelas catástrofes seguradas em 2011 de acordo com o relatório da Marsh Global Insurance Market Quarterly Briefing: Q1 2012.

 

Nos EUA, as taxas para os riscos expostos a catástrofes aumentaram em geral entre 10% e 20%, enquanto as contas de property sem essa exposição cresceram em até 10%. Alguns riscos tiveram aumentos superiores, dependendo dos aspectos específicos da conta, geografia e o montante previsto da cobertura da catástrofe. Nos países afetados por perdas, as taxas de riscos expostos a catástrofes tiveram um aumento maior do que aqueles não expostos.

 

Os efeitos destas perdas também estão sendo sentidos em áreas de risco-chave como as de interrupção de negócios, no qual as seguradoras estão adotando uma abordagem global mais cautelosa e pedindo informações detalhadas antes de subscreverem o risco. Além disso, as alterações implementadas em 2011 para os modelos de risco utilizados pelas seguradoras provavelmente pressionarão as taxas de property para cima na primeira metade de 2012.[3]

 

"O mercado global de seguros de property continua a mostrar sinais de elevação de taxas, especialmente para os riscos expostos a catástrofes", disse Dean Klisura, Líder da Prática de Risco da Marsh Estados Unidos. "Nos Estados Unidos, o mercado de property ainda está em um estado de transição, onde os já segurados estão mais suscetíveis a vivenciar aumentos nas taxas do que aqueles que renovarão o seguro com as mesmas taxas ou com pequenas quedas. Acreditamos que esta tendência continuará no curto prazo, com a taxa média de aumento continuando a subir mês a mês." 


Fonte: Site Segs

Rua Felipe de Oliveira, 271 – CEP: 90630-000 – Porto Alegre – RS / Brasil
Fone (51) 3019-0115
goInternext
Para dificuldades na visualização do site, por favor verifique as últimas atualizações do seu navegador (browser).