(51) 3019-0115

abensur@abensur.com.br

Facebook Abensur
Seguros de Pessoas tem crescimento de 14,45%

O mercado de seguros de pessoas, que engloba vários produtos, dentre eles, o seguro prestamista, o seguro educacional e os seguros de vida individual e em grupo, fechou 2012 com R$ 21,8 bilhões em prêmios emitidos, um crescimento de 14,45%, na comparação com o mesmo acumulado do ano anterior, segundo a FenaPrevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), entidade representante de 74 empresas que comercializam produtos de vida e previdência. De acordo com levantamento da federação, no acumulado de 2012 foram pagos aos segurados cerca de R$ 5,7 bilhões em indenizações, 11,44% a mais do valor registrado no ano anterior, quando foram pagos R$ 5,1 bilhões. “As indenizações demonstram a importância social do seguro, o qual proporciona proteção e garantia para a continuidade dos projetos pessoais e da vida econômica, do segurado e seus familiares”, afirma Osvaldo Nascimento, presidente da FenaPrevi.


Crescimento do Seguro Viagem e Educacional

O seguro viagem, que cobre acidentes, extravio ou perda de bagagens, despesas hospitalares e médicas, de viajantes em deslocamentos no Brasil e exterior, foi o destaque no período. A modalidade registrou R$ 68,1 milhões de prêmios emitidos no acumulado do ano, expansão de 59,28% em relação aos doze meses do ano anterior. A performance desse segmento é reflexo do maior fluxo de passageiros no país e para destinos internacionais. Segundo o Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, o número de viagens internas subiu de 190,8 milhões, em 2011, para cerca de 197 milhões, em 2012. O fluxo de viajantes internacionais também cresceu como têm mostrado os indicadores de gastos dos brasileiros no exterior. “O brasileiro está viajando mais, ancorado pelo aumento da renda e do emprego, o que impactou positivamente a emissão de seguros para cobertura de passageiros em trânsito”, diz. O segundo produto de maior crescimento relativo foi o seguro educacional, que movimentou R$ 27 milhões, alta de 42,24%, em relação ao acumulado de 2011, quando foram registrados R$ 19 milhões em prêmios. “É um produto que tem forte apelo entre os pais, pois seu objetivo principal é auxiliar nas despesas com a educação do menor, principalmente as mensalidades escolares, em caso de morte, invalidez ou desemprego do responsável financeiramente pelo estudante”, afirma. De acordo com o balanço da FenaPrevi, o seguro contra desemprego e perda de renda foi outro produto com desempenho positivo, no acumulado de 2012. A modalidade somou R$ 108,6 milhões, 32,71% superior aos R$ 81,8 milhões registrados em 2011. “Esse é um seguro que está entre os mais procurados pelos brasileiros porque garante ao segurado uma renda temporária em caso de desemprego, para o pagamento de dívidas e prestações”, explica o executivo. O prestamista, proteção financeira comercializada pelas seguradoras principalmente em parceria com redes de varejo, foi também o seguro com significativo crescimento relativo em 2012. Registrou uma expansão de 29,49% e prêmios de R$ 5,8 bilhões, contra R$ 4,5 bilhões, em 2011.  (Fenaprevi)
Fonte: SINDSEGRS
Rua Felipe de Oliveira, 271 – CEP: 90630-000 – Porto Alegre – RS / Brasil
Fone (51) 3019-0115
goInternext
Para dificuldades na visualização do site, por favor verifique as últimas atualizações do seu navegador (browser).